Como tirar a chupeta do seu bebê

bebe-com-chupeta

É costume tirar a chupeta e a mamadeira a partir de um ano e meio até os 3 anos, o que não é fácil em muitos casos. A criança tende a sentir falta desse hábito e os pais acabam sofrendo junto. O hábito da chupeta e da mamadeira, que foi um dia algo tão útil e acalentador, então, pode ser uma verdadeira batalha pra você e seu bebê, mas não precisa ser assim. Separamos algumas dicas muito relevantes para tornar esse momento mais tranquilo. De forma geral, é preciso que haja paciência, como toda e qualquer mudança é feita aos poucos; com a retirada da chupeta não é diferente.

Assuma que seu filho está crescendo

Parece algo fácil e bobo de se pensar, muito embora alguns pais tenham clara dificuldade em assumir isso. Essas transições, próprias de cada faixa etária, soam aos pais como uma perda, a de que seu filho está se tornando “menos seu” e mais do mundo. Racionalmente, isso não faz sentido, mas levando para o lado emocional, faz todo sentido e quem é pai e mãe entende; aceitar o crescimento da criança é a primeira batalha a ser vencida.

De alguma forma, a chupeta está bastante associada à fragilidade do bebê, visto que acaba representando a necessidade de cuidados dos pais. A mamadeira acaba oferecendo o mesmo conforto e segurança que o seio da mãe.

Não há necessidade de ter pena do seu filho, pense por outro lado, por que trocar a fralda pela cueca/calcinha é legal e trocar a mamadeira pelo copinho e tirar a chupeta, não? É o mesmo tipo de desenvolvimento.

Mudanças acontecem gradativamente, tenha paciência

O ideal é que, de início, seu uso se limite aos horários de dormir. Vale incluir as sonecas, mas sempre tentando tirar a chupeta do seu filho durante o sono mais pesado.

Não deixe mais a chupeta pendurada na roupa ou na cadeirinha do carro. Com o tempo, a criança vai acabar esquecendo o hábito. Depois é limitar a chupeta apenas para o sono da noite, até que chegue a hora de finalmente jogá-la fora.

Você que controla o tempo: Programe-se!

Uma dúvida muito comum é questionar-se sobre o tempo necessário para a criança esquecer a chupeta. Isso é difícil prever, mas um mês seria um bom início.

Uma dica é não tirar a chupeta da criança sem que ela participe do processo. Isso significa que conversar é importante, por exemplo, dizer que você está indo guardar a chupeta ou deixar que a criança guarde.

Resista, quando seu filho pedir a chupeta

Na hora do aperto, pode ser que a criança acabe pedindo a chupeta e aí é que ospais têm que ser firmes; não ceda! Se necessário, para não ceder à vontade da criança, retire todas as chupetas da casa, e jogue-as fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *