Alimentação saudável no primeiro ano de vida

11-foto-papinha1

 

Já falamos sobre a importância do aleitamento para a saúde do bebê. No entanto, depois dos 6 meses surge a necessidade de diversificar sua alimentação, já que a quantidade de leite é insuficiente para suprir, adequadamente, as necessidades do bebê. É comum a alimentação diversificada iniciar-se aos 4 meses, quando a mãe dá início ao trabalho ou quando o leite materno começa a ser insuficiente para o seu desenvolvimento. Caso  a introdução dos alimentos sólidos não ocorra até aos 10 meses, aumentará o risco de dificuldades na alimentação, impactando negativamente os hábitos dietéticos em idades posteriores.

É importante que a ordem de introdução de novos alimentos não seja rígida, muito embora exija atenção. O que quer dizer o seguinte, se eu forneço  para o meu bebê: refrigerantes, doces, açúcar refinado, chocolate, salgadinhos, frituras, entre outros alimentos não saudáveis, eu estou ensinando ao meu filho a preferir estes alimentos na idade posterior.

Dúvidas são muito recorrentes e perfeitamente compreensíveis. Separamos algumas para ajudá-lo a esclarecer melhor essa etapa:

 

(mais…)

Leia Mais

​Tudo que você sempre quis saber sobre desfralde

bbkits_1

A retirada da fralda é o primeiro momento de independência na vida da criança, consequentemente, um marco em seu desenvolvimento. Por volta dos dois anos, grande parte das crianças já está preparada para este processo, já que é nessa idade que começa a surgir a capacidade física para controlar as suas vontades. Ainda assim, é importante que os pais não reprimam a criança, caso ela não consiga segurar uma vez ou outra. O processo é gradual e é necessário ser paciente, até mesmo para que a criança não se sinta pressionada e fique estressada, o que pode atrapalhar ou mesmo atrasar o processo.

(mais…)

Leia Mais

​O ato da comunicação como fonte de aprendizado para os bebês

bbkits

 

Você já parou para pensar como fala com bebês? Costuma utilizar um tom de voz diferente do usual? Diversas brincadeiras são feitas nesse sentido, e a fofura ajuda na mudança do tom de voz, né? Mas o que surpreende são as pesquisas a respeito desse fenômeno, que ocorre no ato da comunicação.

Para um um bebê recém-nascido, o mundo funciona como uma sobrecarga de informações, diversas ondas de imagens e sons se misturam. Só com o tempo é que ele vai ganhando foco e aprende a reconhecer vozes e rostos familiares. Esse é um momento em que importantes conexões começam a ser formadas no cérebro. Por isso, há pesquisas na área, justamente, para entender com mais detalhes como isso acontece durante as interações entre mãe e bebê.

(mais…)

Leia Mais